Harpa Cristã – Letra dos Hinos de 401 a 500

 

401: JESUS VOLTARA

H.N. (G. Lee)
1
Tudo nos mostra que Cristo já volta;
Breve Jesus voltará!
Já deste mundo o mar se revolta;
Breve Jesus voltará.
Coro
Breve virá, breve virá,
Breve Jesus voltará.
2
Cristão, acorda, Sua vinda é certa:
Breve Jesus voltará!
Pra recebê-Lo estás bem alerta?
Breve Jesus voltará
3
Crente proclama para os pecadores:
Breve Jesus voltará!
Não haverá mais tristezas nem dores:
Breve Jesus voltará.
4
Consola o coração que lhe clama,
Breve Jesus voltará!
Pra Suas bodas o bom Rei nos chama:
Breve Jesus voltará.
.
.
402: AO GÓLGOTA
P.L.M. (Wm J. Kirkpatrick)
1
Ao Gólgota ascende alma minha,
Contempla ali teu Senhor,
Também a agonia que tinha,
Sofrendo por ti com amor;
Não vês uma rubra torrente
Cobrindo a terra de horror?
E o sangue de Cristo inocente
Vertido por mim, pecador.
2
Minh’alma, te lava contente
No sangue do teu Redentor!
É Cristo a senda somente.
Que leva ao repouso de amor;
Jubila no onipotente
Por toda a Sua mercê,
Também pelo dom excelente
De Cristo em todo o que crê!
3
Minh’alma, ó sobe p’ra o alto!
Ali ouvirás o falar
D’Aquele a quem eu exalto;
Não sabes que vê teu penar?
Na graça divina medita,
Que tens em Jesus, teu Senhor;
Recebe a glória bendita
Orando a Deus, com fervor!
4
Hosanas ao onisciente!
Jesus veio aqui pra salvar
Minh’alma da “velha serpente”
Que anda no mundo a tentar;
Hosanas a Deus entoemos
Por Sua Palavra de amor;
Hosanas e glória rendemos,
A Cristo Jesus, o Senhor.
.
.
403: GOZO REAL
P.L.M. (J. Edwin McConnell)
1
Oh! Que gozo real sinto no meu ser,
Já tenho de Deus perdão!
Pois Jesus nos diz: Que qualquer que crer
Recebe salvação.
Coro
Se tu crês, ó vem o passo dar,
Vem o passo dar, sim, vem o passo dar!
Se tu crês, ó vem o passo dar,
Pois Jesus te quer salvar.
2 Por amor foi Cristo, meu Redentor,
Da glória, aqui desceu;
E transforma a vida dum pecador,
Na graça que nos deu.
3
Que mercê, que amor o Senhor mostrou
Morrendo na dura cruz;
Sangue divina! por nós derramou,
O Salvador Jesus!
.
.
404: EM GLÓRIA VIRÁ
P.L.M. (Robert Harkness)
.
.
1
Espera do céu, seu Senhor, o fiel
Aguarda orando, pois há de voltar
Na nuvem, em glória o Emanuel,
Com grande poder, a fim de o buscar.
Coro
Em glória virá o Filho de Deus,
Sempre orando Jesus esperai;
Se virdes a “estrela da alva” no céu,
Alerta estai!
2 Ó Pai amoroso, envia Jesus.
O crente fiel O espera do céu;
Ó manda-lhe logo a celeste luz,
Em que há de vir o Filho de Deus.
3
O santo Evangelho se há de cumprir
E breve nas nuvens veremos Jesus;
“Assim descerá como O vistes subir”
O que S’imolou por nós sobre a cruz!
.
.
405: QUERES PERDÃO?
P.L.M. (L.M.B.)
.
.
1
Queres ser salvo, queres perdão,
Paz e repouso no coração?
O que farás para teres a luz?
Com toda a força – Crê em Jesus;
Se hoje queres em Cristo crer.
Inda que morto hás de viver;
Deixa este mundo enganador,
Crê só em Cristo. teu Salvador.
2
Ó crê em Cristo – ei-Lo aqui
Em nosso meio, chora por ti;
Ele te ama; queres a luz?
Queres vitória? – Crê em Jesus,
Sim! Hoje creio no Salvador,
E minha vida, meu Redentor;
Nas minhas lutas, o Capitão;
Creio em Cristo de coração.
3
Quando o inimigo com seu terror
Ruge em torno com mui furor
Não desanimes por tua cruz,
Olha pra cima – Crê em Jesus;
E nas terríveis provas d’horror,
Segue avante com teu Senhor,
Ele te guarda da corrupção
E te liberta da tentação.
.
.
406: À SOMBRA DO MEU REDENTOR
P.L.M. (James McGranahan)
1
Preciso sempre encostar-me
Aos pés do meu bom Redentor;
Presto virá pra levar-me
Aos céus, minha pátria de amor.
Coro
Eu preciso sempre lançar-me
Nos braços do meu Redentor;
Só em Jesus vou também abrigar-me
No Seu sublime amor.
2
Preciso sempre deter-me
A sombra do meu Redentor;
Não posso só defender-me
E alçar a bandeira de amor.
3
Preciso sempre chegar-me
Contrito aos pés do Salvador,
Para poder consolar-me
No Seu abundante amor.
.
.
407: Ó CRIADOR BENDITO
P.L.M.
1
Ó Criador bendito, ó fonte de esperança,
A Ti, ó Pai contritos buscamos com confiança;
Nos deste em herança a glória sempiterna;
O pão da vida eterna, ó manda-nos dos céus!
Coro
Excelso Criador, supremo benfeitor,
O Teu amor derrama em nós, qual viva chama
Excelso Criador, supremo benfeitor,
O Teu amor derrama, por Teu Consolador.
2
Unidos esperamos o Teu celeste ensino;
Ó manda, suplicamos por Teu poder divino;
Aceita este hino, que nós a Ti cantamos,
Pois gratos Te louvamos, por Tua salvação.
3
O coração se alegra e a alma está contente
No dia em que se entrega
ao Deus onipotente;
Que paz profunda sente a alma do perdido
Que hoje é um remido por Cristo, o Salvador!
.
.
408: ABRE OS MEUS OLHOS
P.L.M. (Clara H. Scott)
1
Abre os meus olhos em Tua luz,
Teu rosto quero ver, Jesus,
Põe em meu coração Teu amor.
E dá-me a paz e Teu fervor;
Humildemente acudo a Ti.
Porque Tua terna voz ouvi
Meu guia sê, Espírito Consolador.
2
Abro os ouvidos para ouvir
Tua Palavra a me ungir.
Belas palavras de doce amor,
Ó! Meu bendito Salvador,
Consagro a Ti meu frágil ser!
Para cumprir o Teu querer,
Enche meu ser, Espírito Consolador.
3
Abre-me a mente para ver
O Teu amor em gran poder;
Dá-me Tua graça, dá-me vigor;
Faz-me na luta, vencedor;
Sê Tu o meu refugio aqui,
Aumenta minha fé em Ti,
Sustenta-me, Espírito Consolador.
4
Abre-me a porta divinal
Do Teu palácio de cristal.
Pois o Teu lindo rosto Senhor,
Quero no céu ver, d’esplendor;
E quando lá enfim entrar,
Teu santo nome vou louvar
Pelo teu bom Espírito Consolador.
.
.
409: TRABALHADORES DO EVANGELHO
*** (J. McGranahan)
1
Trabalhadores do Evangelho,
Em breve ceifareis;
Quer fracos vós sejais, ou velhos,
Do céu vigor tereis.
Coro
Os que esperam no Senhor
Novas forças obterão;
Como águias voarão,
Subirão para as alturas;
Correrão sem se cansar,
Sem fatigar hão de andar;
Correrão sem se cansar,
Sem fatigar hão de andar;
Correrão sem se cansar,
Até no céu chegar!
2
No bom trabalho, quantas vezes,
Estamos a falhar,
Sempre devemos nos revezes
Em Cristo confiar.
3
Jesus está ao nosso lado.
Sua força nos dará;
O nosso Salvador amado,
Sim, tudo suprirá.
4
Em Cristo sempre confiando
Socorro vamos ter;
O Salvador do céu baixando
Virá nos socorrer!
.
.
410: JESUS, MEU REI GLORIOSO
P.L.M. (V. Mendoza)
.
.
1
Jesus é meu Rei glorioso,
É grato cantar-Lhe louvor;
É Rei, mas me torna ditoso,
Enchendo-me do Seu amor;
Deixando Seu trono de glória
Me veio livrar desta escória.
Já sou mui feliz, já sou mui feliz com Deus!
2
Jesus é meu Rei mui amado,
Nas lutas, na dor, sempre está
Paciente e humilde ao meu lado,
Ajuda e consolo me dá;
Por isso constante O sigo,
Pois é meu Pastor e amigo.
Já sou mui feliz, já sou mui feliz com Deus!
3
Jesus, que pudera eu dar-Te
Por tanto amor para mim?
Bastante é servir-Te e amar-Te?
E tudo entregar-me a Ti?
Aceita, então, minha vida,
Que a Ti só, se prostra rendida.
Já sou mui feliz, já sou mui feliz com Deus!
.
.
411: NÓS SOMOS TEUS
G.W.O. (W.H.Doane)
1
Filho do eterno Deus, nós somos Teus!
Compraste-nos, Jesus, por Tua cruz,
Rendemo-nos, Senhor, cheios de fé e amor;
Nós somos Teus, Filho de Deus!
2
O Teu caminho, ó Deus que leva ao céu,
Faze-nos percorrer até morrer.
Não tem que recear todo o que nele andar;
Tu és, Senhor, o bom Pastor.
3
A quem nos quis salvar vamos louvar
Com voz e coração, em santa união,
Aceita, pois, Senhor, nosso veraz louvor!
Graças, oh! Deus, que somos Teus!
.
.
412: JESUS CRISTO, BEM AMADO
F.F.M. (J. McGranahan)
1
Glória ao Salvador divino.
Nosso guia e Redentor,
Glória seja ao Deus trino;
Aleluia ao Deus de amor!
Coro
Jesus Cristo, bem amado,
Poderoso Salvador,
Ele era ontem, é hoje,
Será sempre o Deus de amor!
2
Alegrar-se todos devem
Pela grande salvação;
Honra e glória a Deus elevem,
Pois nos dá Seu galardão.
3
Adorei a Deus, com canto,
Ele é compassivo e bom,
Ó divino Espírito Santo,
Desça sobre nós Teu dom.
4
Ao Teu nome seja glória,
O bendito e bom Senhor!
Tu nos guias pra vitória,
Aleluia ao Redentor!
.
.
413: MEU PASTOR
A.N. (John Zundel)
1
Meu Pastor é Jesus Cristo
NEle quero confiar;
Com Jesus, não tenho falta,
Junto a Ele eu quEro andar;
Me conduz ao bom descanso;
Para o campo verde em flor,
Refrigera, sim, minh’alma,
Saciando-me de amor.
2
Ele é meu companheiro;
Com Jesus desejo andar;
Pois me dá vigor e força,
P’ra que eu possa caminhar;
Ele é quem dá coragem,
Para nada eu temer;
Mesmo próximo à morte
Certo estou que vou vencer.
3
Caminhando ao Seu lado
Não maia temerei o mal;
Seu bordão e Seu cajado
Dão-me proteção real;
Contra o meu inimigo
O Senhor sempre virá;
Me prepara uma mesa
E comigo nela está.
4
Unge a cabeça minha
Com óleo do Seu amor;
O meu gozo é transbordante,
Pois meu cálice tem dulçor;
Por Sua misericórdia
E por Seu sublime bem
Habitarei em Sua casa
Eternamente, amém?
.
.
414: TEM COMPAIXÃO DO PECADOR
P.L.M. (T.R. Allen)
1
Ó Salvador, ó Pai de amor?
Tem compaixão do pecador;
Sem ser em Ti não achará
A salvação, que Tu nos dás.
Coro
Tem compaixão, ó Salvador,
Tem compaixão do pecador!
Ó vem lavar seu coração,
Ó vem lhe dar a salvação!
2
Sem ser em Ti não há perdão
Pra o pecador, nem salvação;
Só mesmo em Ti o pecador
Encontrará um Salvador.
3
Ó Rei doa reis, tem compaixão
Do pecador na perdição
Seu coração, ó vem lavar
No sangue Teu purificar.
.
.
415: JESUS TE QUER CURAR
P.L.M.(Arr. pelo Rev. J.H.Stockton)
1
A terna voz do Salvador
Te fala comovida;
“Ó vem ao médico de amor,
Que dá aos mortos vida”!
Coro
Cristo Jesus te quer curar,
E tem poder p’ra te curar,
Dos males todos te livrar,
Se nEle confiares!
2
Crê tu, a quem já Satanás
Há anos tem ligado;
A fé te salva, vai-te em paz,
De todo o mal curado!
3
Os surdos ouvem, cegos vêem,
Pois Cristo é poderoso!
os coxos saram e andam bem.
Por Seu poder glorioso!
4
Sinais pra sempre seguirão
Aos verdadeiros crentes!
Demônios, sim, expulsarão,
E curarão as gentes.
.
.
416: QUANDO O POVO SALVO ENTRAR
S.N. (J.M.Black)
1
Anjos aos milhares, no céu, verão
Quando o povo salvo entrar;
Crentes coroados também serão.
Quando o povo salvo entrar.
Coro
Quando o povo salvo entrar,
Quando o povo salvo entrar;
Multo grande alegria no céu haverá,
Quando o povo salvo entrar.
2
Os remidos lá hão de se encontrar,
Quando o povo salvo entrar;
Vestes brancas todos hão de trajar,
Quando o povo salvo entrar.
3
Todos vencedores, lá hão de estar,
Quando o povo salvo entrar;
A tribulação não terá lugar,
Quando o povo salvo entrar.
4
O Cordeiro morto, (que vivo está)
Quando o povo salvo entrar;
Para sempre em glória dominará,
Quando o povo salvo entrar.
.
.
417: BASTANTE PARA MIM
J.T.L. (E.O.Excell)
1
No meio duma grande dor,
A cruz de Cristo eu vi,
Qual viva fonte de amor,
Bastante para mim!
Coro
Lá da cruz corre sem cessar,
Insondável como é o mar.
Esta graça, que brota assim,
Basta para mim!
2
Meu coração, a vacilar
E apenas, pude assim
Na graça crer; mas fui achar
Bastante para mim!
3
Cravados já, então, na cruz,
Os meus pecados vi;
E a graça achei de meu Jesus;
Bastante para mim!
4
Com meu Jesus eu cantarei
No céu, alegre, enfim;
Que Sua graça foi, direi:
Bastante para mim!
.
.
418: SOU UM SOLDADO
J.T.L. (Inglês)
1
Sou um soldado de Jesus
E servo do Senhor;
Não temerei levar a cruz,
Sofrendo grande dor.
Coro
Depois da batalha me coroará,
Deus me coroará;
Deus me coroará;
Depois da batalha me coroará,
Na celestial mansão;
Lá verei o meu Rei,
E terei meu galardão,
Depois de batalha me coroará,
Na cidade de Sião!
2
Lutaram outros sem temor,
Mui forte hei de ser;
Pelejarei por meu Senhor,
Confiando em Seu poder.
3
Se eu for fiel ao meu Jesus
E não voltar pra trás,
Alcançarei no céu de luz,
Lugar de santa paz.
.
.
419: VINDE, PECADORES
O.N. (Ana Vatermann)
1
Vinde todos pecadores
A Jesus, o Salvador;
Vinde logo, sem temores,
Encontrar o Redentor.
Coro
Sim eu sei; Oh! Eu sei,
Cristo salva o perdido pecador!
Sim, eu sei; oh! Eu sei,
Cristo salva o perdido pecador!
2
Dá aos fracos, fortaleza;
Das montanhas planos faz,
Ao deserto dá beleza,
E aos crentes, luz e paz.
3
Nas fraquezas, ei-Lo perto,
Dominando a força má;
No caminho, guia certo,
E Sua graça sempre dá.
4
Tenho gozo mui superno
Pelo sangue que verteu,
Nem o mundo, nem o inferno,
Tiram a vida que me deu.
5
Quando Cristo vier na glória
A buscar o povo Seu.
Cantaremos a história,
Do amor de Deus, no céu.
.
.
420: O QUE BUSCAS ANSIOSO?
P.L.M. (James McGranahan)
1
O que buscas ansioso
Ó perdido pecador?
Tudo que tens por precioso,
Murchará qual linda flor!
Quando teu fim chegar,
Quando teu fim chegar,
Há de cessar o teu gozo,
Mas vai o crente entrar,
Mas vai o crente entrar,
Num lar eterno de repouso!
2
Neste mundo há belas flores,
Que nos querem seduzir,
Mas espinhos têm, que dores,
Hão de sempre produzir;
Mas Cristo, o Salvador,
Mas Cristo, o Salvador,
De Saron é linda rosa,
Tem excelente odor,
Tem excelente odor,
E alegra a alma desditosa!
3
Larga o mundo e o pecado
Que te trazem perdição;
E aceita de bom grado
A Jesus no coração.
Vida eternal terás;
Vida eternal terás;
Sim, fruirás santo gozo;
Cristo será tua paz,
Cristo será tua paz,
E os altos céus o teu repouso.
.
.
421: CAREÇO DE JESUS
***
Quando de Ti careço
Jesus, meu Salvador!
O Teu amor, O vem m’alegrar,
Quando de Ti careço.
.
.
422: NO CÉU NÃO ENTRA PECADO
I.A.F. (F.M.Lehman e Arr. Claudia Lehman)
1
No céu não entra pecado
Fadiga, tristeza, nem dor;
Não há coração quebrantado,
Pois todos são cheios de amor,
As nuvens da vida terrestre
Não podem a glória ofuscar
Do reino de gozo celeste,
Que Deus quis pra mim preparar!
Coro
Irei eu p’ra linda cidade,
Jesus me dará um lugar,
Co’os crentes de todas Idades,
A Deus hei de sempre louvar.
Do céu tenho muitas saudades,
Das glórias que lá hei de ver;
Oh! Que gozo vou ter,
Quando eu vir meu Senhor,
Rodeado de grande esplendor!
2
Pagar não é necessário
A casa, que lá hei de ter;
E meu eternal vestuário,
No céu, nunca vai se romper.
Jamais viverei em pobreza,
Aflito no meu santo lar,
Ali há bastante riqueza,
Da qual podarei desfrutar.
3
No céu o luto é banido,
Enterros não hão de passar;
Sepulcros jamais são erguidos,
Lá mortos não vou encontrar.
Os velhos serão transformados;
Mudados nós vamos ficar.
Quais astros por Deus espalhados
No céu, para sempre brilhar.
.
.
423: DE TI PRECISO MAIS
A.S. (Chas H.Gabriel)
1
Jesus, preciso mais de amor,
Reino de Deus, em meu coração;
Da compaixão Tu és o Senhor;
De Ti preciso mais.
De Ti preciso mais,
Do Teu amor veraz;
Sei que estás pronto pra me valer,
De Ti preciso mais!
2
Jesus, preciso mais de poder,
Dom do eterno Consolador;
És o dador que enche meu ser;
De Ti preciso mais!
De Ti preciso mais,
Do Teu poder veraz,
Da lua graça, ó vem me encher,
De Ti preciso mais!
3
Jesus, preciso mais Te imitar,
Com humildade e submissão;
Tua instrução eu quero guardar,
De Ti preciso mais,
De Ti preciso mais,
Da graça eficaz,
Sei que Tu queres ma conceder,
De Ti preciso mais!
4
Jesus, preciso mais de ouvir
No meu silêncio a voz de amor,
Que dá vigor para eu Te servir.
De Ti preciso mais.
De Ti preciso mais.
A Tua voz veraz
No meu silêncio sempre atender,
De Ti preciso mais!
5
Jesus, preciso mais comunhão.
Contigo estar em santo Tabor;
E esplendor, transfiguração;
De Ti preciso mais.
De Ti preciso mais.
Transformação veraz;
A Tua face eu quero ter,
De Ti preciso mais!
.
.
424: SEU PRECIOSO SANGUE
O.N. (Benjamin Bauer)
Jesus me salvou com Seu precioso sangue;
Jesus me comprou com Seu precioso sangue,
Com Seu poder já me curou;
O meu pecado já cravou na cruz!
Jesus pra sempre me salvou!
.
.
425: PERDIDO ANDEI
D.L. (Wm. J. Kirkpatrick)
1
Perdido neste mundo andei,
Imerso em sua escuridão;
Em vãs promessas confiei;
Não tinha Deus, nem salvação.
Coro
Perdido andei, mas me salvei,
Sendo guiado pela luz,
Que no Calvário avistei
E me levou ao Rei Jesus!
2
Sem forças ‘stava pra viver,
Sem nada mais eu esperar;
Quando uma luz eu pude ver,
Que veio me iluminar.
3
Fitei a luz e logo cri,
E muito alegre eu fiquei;
Prazer do céu também senti;
Quando essa luz eu abracei.
4
Confesso com satisfação,
Que nessa luz me sinto bem;
A paz entrou no coração,
Porque vi um abrigo além.
5
Nos braços do Senhor Jesus,
Prazer eu tenho em viver,
Unido à salvadora luz,
Que Cristo veio me trazer.
.
.
426: UNIÃO DOS IRMÃOS
P.L.M. (Elisha S. Rice)
1
Quando aqui nos reunimos,
Ó irmãos, em santo amor,
Certamente nós fruímos,
Bênçãos do Consolador!
Sempre pode Sua presença,
De Jesus testificar;
Com palavras e sentenças
A quem quer o escutar.
2
Quando nós nos humilhamos
Ante o bom Consolador,
O poder que nós buscamos.
Nos concede com amor;
E se vedes, glorioso,
Em visão, Jesus passar,
Eis que busca ansioso,
Uma alma batizar.
3
Quando todos nos achamos
Prontos para escutar,
Pela unção, ouvir nós vamos
O bom Deus, a nós falar;
E no céu, sim, ao chegarmos,
Oh! Que festa haverá,
Quando já nos encontrarmos
No lugar que Deus dará!
4
Ó remidos, sempre firmes,
Esperando com ardor,
Que em nós Deus mais confirme
Seu poder Consolador;
Eia! Avante, a caminho,
Pela gloriosa luz,
Pois de nós vai mui vizinho,
O amado e bom Jesus!
.
.
427: VAI ORANDO
P.L.M. (Wm J. KirkPatrick)
1
De pesar estás cercado,
Es provado pela dor?
De sofrer estás cansado,
E também do teu labor?
Coro
Vai orando, vai orando,
Ao soprar do furacão.
O Senhor está velando,
Dar-te-á consolação.
2
Nas doenças, incertezas,
Que tu’alma passará,
Só Jesus dará firmeza,
E também te curará.
3
Ao Senhor a voz eleva,
Ora a Deus com mui fervor,
Pois as faltas te releva
E mitiga a tua dor.
4
Tarda Deus em consolar-te?
Vai orando com poder;
Presto, ajuda pode dar-te,
Teu pedido responder.
.
.
428: A ESTRELA DA ALVA
P.L.M.
1
Mostra-Te, estrela da manhã,
Ó bondoso Salvador!
Sem Tua luz, a vida é vã,
Sem Tua luz não temos vigor!
Sem Tua luz não temos vigor!
Coro
Ó estrela da alva, estrela que salva
A perdida alma que vaga sem ter direção!
2
Cristo Jesus é, do fiel,
A estrela de fulgor,
Também o bom Emanuel,
Que de manhã nos enche de amor,
Que de manhã nos enche de amor.
3
Bendita estrela dos hebreus,
Que o mundo iluminou.
E nos mandou os raios Seus,
Raios d’amor, que já nos salvou,
Raios d’amor, que já nos salvou.
.
.
429: ESCUTA O EVANGELHO
P.L.M. (W.H.Doane)
1
O pecador desejoso
De verdadeiro perdão,
A voz de Cristo, ditoso,
Escuta com atenção!
Coro
Escuta o Evangelho
Do Filho de Deus,
O divinal conselho,
Que vem dos mais altos céus!
2
Hoje, com fé e de graça
Vem aceitar o perdão,
De Cristo, pois te abraça,
Dando-te a salvação!
3
Cristo Jesus tem vertido
Seu sangue com grande dor,
Para salvar-te, perdido,
E te encher de amor!
4
Se tu contrito aceitas
De Cristo, o Seu perdão,
Terás então paz perfeita
E gozo da salvação.
.
.
430: O EVANGELHO DA SALVAÇÃO
P.L.M. (William B. Bradbury)
1
Ouves, como o Evangelho
Nos dá vera salvação.
E transforma o homem velho
Numa nova criação?
Bem algum em mim não via,
Mas somente corrupção,
E cansado da porfia
Em Jesus achei perdão.
2
Como a pomba que cansada
Foi na arca repousar,
A minh’alma fatigada
Em Jesus vai descansar;
Mas o corvo foi s’embora,
Sobre os mortos foi pousar,
Isto fazes tu agora?
Quererás ao mal voltar?
3
É Jesus a minha arca
Onde posso repousar,
E dali, do mal as marcas,
Nem eu posso avistar!
Oh! Quão doce a chamada
Que a mim me fez Jesus!
“Vem, ó alma tão cansada,
Vem das trevas para luz’.
4
Pecador que estás ouvindo
A mensagem do Senhor,
Tu na arca és bem-vindo,
No refúgio de amor,
Pois as águas do pecado
Breve te alcançarão,
Pela morte despertado,
Baterás na porta em vão!
.
.
431: CRISTO CHAMA O PECADOR
P.L.M. (Frank M. Davis)
1
Cristo chama, chama, chama com muito amor,
“Hoje vem a Mim, pecador!”
A Cristo dá teu coração,
Manchado já por mal atroz;
Vem, hoje, vem! Bela ocasião!
Não queres vir a esta voz?
Coro
Aceitarás ao Salvador?
É teu Senhor, e benfeitor;
Te chama já, vem sem tardar,
Aceitarás o Salvador?
Aceitarás o Salvador?
2
Cristo chama, chama, chama com muito amor;
“Hoje vem a Mim, pecador!’
A t’esperar está Jesus,
Pois quer te dar amor sem par;
Não tardes mais, vem para luz,
Não ouves tu Jesus chamar?
3
Cristo chama, chama, chama com muito amor;
“Hoje vem a Mim, pecador!”
Oh! Amanhã? Não viverás…
E por lavar… teu coração?
Tempo feliz tu perderás
E não terás mais salvação.
.
.
432: CONSAGRADO AO SENHOR
P.L.M. (Wm J. Kirkpatrick)
1
Minha vida seja sim,
Consagrada a Ti, Senhor;
Possas sempre Tu por mim,
Operar o Teu amor.
Coro
A minh’alma lava Salvador
No Teu sangue puro, carmezim;
Minha vida toma para ser, Senhor,
Tua para sempre, sim.
2
Que meus pés somente vão
Onde os santos possam ir;
Numa eternal canção,
Minha voz se faça ouvir.
3
Seja o meu tempo já,
Consagrado em Teu labor;
Que meus lábios, Jeová,
Falem só do Teu amor.
4
Toma, ó Deus, o meu querer,
Faze-o Teu, ó Salvador,
Hoje habita no meu ser;
Enche-me do Teu fervor.
5
Ó recebe-me, Senhor,
Quando venho me prostrar
A Teus pés, ó Salvador,
Hoje vem me consagrar.
.
.
433: SOIS BEM-VINDOS
P.L.M. (Wm J. Kirkpatrick)
1
Nossas vozes jubilosas
Elevamos com fervor,
Pela vinda amistosa
Dos obreiros do Senhor.
Coro
Sois bem-vindos,
Sois bem-vindos,
Campeões de Jeová!
Parabéns, mas não fingidos,
A congregação vos dá.
2
Recebei os lutadores
Da verdade, do amor,
Demos a Jesus louvores,
Que os trouxe com vigor.
3
Abraçai os bons soldados
Das fileiras de Jesus.
Aos que lutam denodados
Para difundir a luz.
4
Dos fiéis é bem superno
Trabalhar sem dilação;
Pra fazer que o Rei eterno
Reine em cada coração!
.
.
434: A TEUS PÉS
P.L.M.
1
A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Tua face buscarei,
Escutando qual Maria,
As palavras de amor;
A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Meu passado esquecerei,
Pois Tua mão fiel e terna,
Tem me salvo do temor.
2
A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Acho terna compaixão,
Para todos meus pesares
Meus conflitos, minha dor;
Livra-me, ó Jesus Cristo,
De cuidados, de aflição,
E concede-me constante
Teu poder consolador!
3
A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Eu desfruto Teu amor,
Em Teus olhos há doçura
Em Teu seio proteção;
Dá-me, ó Cristo, a Tua mente.
Dá-me graça e fervor,
E que o mundo possa sempre
Ver em mim a salvação.
4
A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Tenho um gozo divinal!
A Teus pés encontro abrigo,
Oh! Bondoso Salvador!
Só em Ti, ó Jesus Cristo,
Há consolo sem igual,
Para minh’alma abatida.
Neste mundo de horror.
.
.
435: JESUS ME LEVANTOU
P.L.M. (Chas H. Gabriel)
1
O Salvador, por Seu amor,
Ao mundo vil por nós baixou,
E dum abismo de horror,
Minh’alma levantou!
Coro
Que salvação me deu Jesus,
A qual na cruz p’ra mim ganhou,
Estando em sombra, à plena luz,
Com seu poder me levantou!
2
A Sua voz eu resisti!
Enquanto amante me chamou,
Mas Sua graça recebi,
A qual me levantou!
3
Oh! Quanta dor sofreu por mim,
Na cruz pregado, expirou.
Mas me salvou Jesus assim,
Ali me levantou!
4
Que dom feliz em mim se vê,
Pois Sua graça me salvou,
Mas não compreendo eu, por quê
Jesus me levantou!
.
.
436: CRENTES, CANTAI
J.C. (H.R.Palmer)
1
Crentes, cantai e entoai louvores
Ao Senhor, ao nosso Deus,
Deus de bondade infinita, imensa,
Criador da terra e céus;
Que, com poder tão vasto e eficaz,
Deu-nos salvação e plena paz.
Glória e louvor ao Deus de amor;
Com fervor, sinceramente,
Glória ao Pai onipotente!
Coro
Ao nosso Criador,
Honra e glória tributemos,
Ao nosso Salvador,
Mil louvores entoemos;
E ao bom Consolador,
Honra e louvor demos também;
Honra a Trindade para sempre, amém.
2
Crentes, cantai e entoei louvares
A Jesus, o Salvador,
Que nos amou e nos salvou p’ra sempre,
Do poder do tentador,
Glória a Jesus, autor da salvação,
Toda honra, glória e adoração,
Glória e louvor ao Salvador,
Com vigor, ardentemente,
Glória ao Filho onisciente!
3
Crentes, cantai e entoei louvores
Ao divino Preceptor,
Que nos mandou Cristo, já exaltado,
Pela dextra do Senhor;
Hoje louvei ao bom Consolador.
Que nos enche de fervente amor!
Glória e louvor ao instruidor,
Com ardor, e um lindo canto
Dai ao Espírito Santo!
.
.
437: O DOM CELESTE
P.L.M. (M. D´Angelo)
1
Assim que Deus me batizou,
A minha alma viu mais luz,
Pois dom celeste o Pai mandou,
P’ra dar louvor ao meu Rei Jesus,
Sou testemunha do meu Senhor,
E sempre dEle vou falar;
Também do selo de amor,
Que o meu cálice faz transbordar.
Coro
Louvado seja Jesus, o Cristo,
Que continua a batizar,
Com língua estranha, nós temos visto,
O dom celeste, o Pai mandar!
2
O bom caminho vou trilhar,
Se eu quiser obedecer
Ao Evangelho, à luz sem par,
Aonde vida vou receber,
De Jesus Cristo eu falarei,
que é dos homens Salvador;
Q vinde hoje e recebei,
Divina graça do meu Senhor.
.
.
438: “VOLTAI-VOS PARA MIM”
P.L.M.
1
Assim a nós falou Jesus:
“Voltai-vos pare Mim,
A salvação. a paz, a luz,
Encontrareis enfim”.
Ó esperai o bom Jesus,
A estrela da manhã.
Pois Ele ao céu a vós conduz;
Deixai a vida vã!
2
Também ,Jesus vos disse assim:
“Dá vida, água sou,
E quem tem sede venha a Mim.
De graça o dom Lhe dou”.
E do seu ventre.sairão
Em glória ao Salvador,
Torrentes vivas, que serão:
A paz, a fé, o amor!
3
Ainda assim falou Jesus
A todo o pecador:
“Ó vinde a Mim, Eu sou a luz,
Que brilha com fulgor”;
E tu, que jazes, ó mortal,
Nas trevas de horror,
Ó vem p’ra luz celestial,
A Cristo, o Salvador!
4
Os que remidos dEle são,
Seus passos vão seguir;
A Sua justiça, e Seu perdão,
De graça vão fruir,
Jesus é tudo para mim;
O Rei, e meu Senhor;
Olhando, eu tenho sim,
Do céu real vigor!
.
.
439: AOS PÉS DE CRISTO PROSTRADOS
P.L.M.
1
De Cristo ressurgido,
Aos seus pés nos prostramos;
Com fé O adoramos,
Do mundo é o Salvador;
Nós, crentes redimidos,
Por sangue já lavados,
Na graça bem guardados,
Temos de Deus favor!
2
Tudo que nós sofremos,
Cristo já tem provado,
Ao pecador cansado,
Pode, quer ajudar;
Oh! Quanta dor nós vemos,
Cristo na cruz sofrendo,
Com sede ali morrendo,
Para o mortal salvar!
3
“Eu tenho sede”, exclama
O divina! Cordeiro,
Pregado no madeiro,
Na cruz da maldição;
Oh! Quanto Cristo ama
O pecador perdido,
Pois sangue tem vertido,
Para lhe dar perdão!
4
A nós, que santos somos,
Dá-nos e vera graça,
Para que assim se faça,
Em nós o Teu querer,
Na cruz achar nós fomos
Consolo abundante,
Graça de Deus bastante,
E divina! poder!
.
.
440: FAZE JÁ O SEU QUERER
P.L.M. (Rev. Cyrus S. Nuzbaum)
1
Em viver pra Cristo firme permanecerás
E a paz após, tu sempre seguirás?
E ao pé da cruz os teus cuidados deixarás?
Faze já o Seu querer!
Coro
O Seu poder e Seus dons te dará;
De gozo, Cristo, sim, te inundará;
Do coração as manchas limpará
Fazendo tu, p’ra sempre, Seu querer!
2
Queres ir após de Cristo e carregar a cruz?
Queres conhecer a paz que dá Jesus?
Queres que te guie com a verdadeira luz?
Faze já o Seu querer!
3
Queres lá no céu os teus amigos encontrar?
Deves preparar tua vida sem tardar,
Queres pra Jesus a tua vida consagrar?
Faze já o Seu querer!
.
.
441: A CHUVA DO CONSOLADOR
P.L.M. (Chas H. Gabriel)
1
Unânimes ao pé da cruz,
Pedimos com fervor,
Nos manda hoje, ó Jesus,
O bom Consolador!
Coro
Sim, manda outra chuva,
Ó bom salvador!
E com Tua chama
Destrói de nós o mal;
O dá-nos a chuva,
Do Consolador;
Ao povo Teu inflama
Com poder celestial!
2
Qual vivo fogo ou furacão,
O fá-Lo a nós descer;
E possa cada coração
Um templo dEle ser.
3
Mediante a fé e a oração,
O céu Tu abrirás,
O óleo santo da unção,
Em nós derramarás!
4
Pedimos nós, agora a Ti
Ó queima todo mal
E vivifica-nos aqui,
Com fogo celestial!
.
.
442: BREVE VEREI O BOM JESUS
P.L.M. (B.E.Warren)
1
Breve no céu, Jesus há de aparecer
Em gloriosa luz; todos O hão de ver
Naquele dia, então, eu hei de receber
De Cristo galardão; oh! que prazer!
Coro
Breve verei o bom Jesus,
E viverei em plena luz;
No lindo céu eu gozarei…
De toda a dor, por Deus, livre serei.
2
Na vinda do Senhor irei eu receber,
Do Seu eterno amor, repouso e prazer,
- Disso, meu bom Jesus, tem-me falado já
E da celeste luz de Jeová!
3
Na vinda do Senhor desfrutarei prazer,
Quando meu Salvador em glória aparecer;
Eis que Ele breve vem, os santos levará
Para a mansão de além, donde virá!
.
.
443: LARGA O MUNDO!
P.L.M. (B.D.Ackley)
1
Pecador, um convite te queremos dar.
Um convite divino e consolador;
Hoje queres à casa paternal voltar,
Onde Cristo te espera cheio de amor.
Coro
Larga o mundo já, vem após Jesus;
O qual pode agora mesmo te salvar!
Tudo pronto está, que divina luz!
Cristo hoje te convida para vir cear!
2
Quando Cristo sofreu pregado lá na cruz;
Preparou pra teu ser um divinal manjar;
E agora te chama para Sua luz;
Pois tua alma faminta Ele quer fartar!
3
Ó aceita o convite que Jesus te faz,
Que franqueia a entrada na mansão de luz;
E o gozo divino que te satisfaz,
Ó aceita o convite do Senhor Jesus!
4
Ai do que o convite santo recusar,
E tiver por profano o sangue de Jesus;
O banquete celeste não vai desfrutar,
Quem despreza o convite feito lá na cruz!
.
.
444: ESCUTA, POBRE PECADOR
P.L.M. (J.H. Stockton)
1
Escuta, pobre pecador,
Em Cristo há perdão;
Aceita agora o Salvador,
Pois nEle há salvação!
Coro
Vem a Cristo sem tardança,
Receber perdão,
E a vida d’esperança
Fruirás, então!
2
Pra redimir-te, o Redentor
Seu sangue derramou!
Na cruz; sofrendo grande dor,
Jesus te resgatou!
3
Caminho certo é Jesus;
Achamos nEle paz!
Caminho santo e de luz,
Que sempre satisfaz!
4
Vem hoje, vem te entregar
Deixando todo mal,
Deus quer agora te salvar,
Ó vem pra luz real!
.
.
445: RESGATADO COM O SANGUE DE CRISTO
F.V. (D.B.Towner)
1
Com ouro e prata não fui resgatado,
Tesouro terrestre, jamais me livrou;
O preço foi o sangue de Cristo, manado
Na cruz do Calvário onde a vida raiou!
Coro
Por prata e ouro não fui remido,
Nem por tesouro de mui valor,
Mas pelo sangue que foi vertido
Por Jesus, meu Salvador!
2
O ouro e a prata valor, oh! não tinham
Pra satisfazer a justiça de Deus.
Mas Cristo pagou toda a dívida minha;
Encheu-me de amor e de paz lá do céu.
3
Por ouro e por prata não pude chegar-me
Diante de Deus e o perdão obter;
Pio sangue de Cristo, eu pude lançar-me
Na graça divina e o favor receber.
4
Por ouro e por prata não fui redimido;
A entrada do céu não se pode comprar;
Mas, só pelo sangue de Cristo vertido
Na cruz, poderemos a glória alcançar.
.
.
446: Ó VEM JÁ
J.H.M.
(para vozes masculinas)
1
Vem, ó alma cansada, que sentes dor,
A teu bom Salvador, a Jesus,
E confia no sangue do Redentor,
Derramado, que foi lá na cruz.
Coro
Ó vem Já! Ó vem Já! A Jesus vem como estás;
Não demores pecador aceitar o teu Salvador.
Ó vem Já! Ó vem Já! A Jesus vem como estás,
Não demores pecador aceitar o teu Salvador.
2
Tu que vagas mui longe do Salvador,
No pecado, no mal preso estás;
Só Jesus é que vai te livrar da dor.
Salvação hoje mesmo te dar.
3
Cristo chama ainda: “Ó vindes Mim,
Oprimidos, cansados, sem paz;
Vida eterna darei para vós, enfim,
No meu reino de gozo veraz”.
.
.
447: NASCER DE NOVO
E.K. e E.C. (Allan Törnberg)
1
Nascestes de novo? Andas já com Deus?
Pertences ao povo, que vai para os céus?
Tens a lei escrita no teu coração?
Em ti já habita plena salvação?
Coro
Se o caminho é estreito, a porta é também,
Tudo está feito, não demores, vem!
No portai da vida Cristo acharás,
Ao findar a lida lá no céu tu estarás.
2
Já desceste às águas, passaste o Jordão?
Tens ainda mágoas no teu coração?
Foste batizado como foi Jesus?
Segues a Seu lado para o céu de luz?
3
O poder vindouro recebeste já?
Tens o teu tesouro escondido lá?
Vida de vitória vives já com Deus?
Marchas para glória? Andas para os céus?
4
Ao ouvir o brado: “Eis que Cristo vem”,
Tens te preparado pra dizer amém?
Alvo é teu vestido, clara é tua luz?
Canta co’os remidos – Vem, Senhor Jesus.
.
.
448: CRENTES, AVANÇAI
J.H.M.
(para vozes masculinas)
1
Crentes, avançai,
Firmes pelejai
Contra o vício, contra o mal!
Quem quer triunfar,
Cristo agradar,
Vem à luta divinal,
Nosso guia é Jesus,
Ele sempre nos conduz;
A vitória nos dará,
Cristo sempre vencerá.
2
0 celeste lar
Vamos alcançar,
Se lutarmos com valor;
Para o céu marchai,
Sempre avante andai
Dando glória ao Redentor.
O Seu sangue que verteu.
Salvação a todos deu;
Quem crê nEle gozará,
Vida eterna fruirá!
.
.
449: À BEIRA DA ESTRADA
E.C. (Chas H. Gabriel)
1
À beira da estrada estão
Muitos que esperam a salvação;
Podem tais almas sem Deus perecer,
Ou estás pronto para as socorrer?
Coro
Quem hoje dirá: “Eis-me aqui, Senhor,
Eu quero aos perdidos falar do amor,
A quantos na senda da vida achar,
De Cristo eu irei falar”
2
À beira da estrada estão
Muitos que buscam do céu o pão;
Para os famintos, oh! quem falará
Do Evangelho que lhes saciará?
3
Pelo caminho em que vais,
Existem enfermos espirituais;
Qual o bom samaritano, farás,
Ou qual escriba, além passarás?
4
Quando a jornada terminar
E o fim da estrada se aproximar,
Conhecerás muitos na multidão,
Que receberam, de Deus, salvação.
.
.
450: O SOL DA JUSTIÇA
E.C. (J.A.Hultman)
1
O sol da justiça vamos proclamar
Sua luz resplandece em qualquer lugar,
Seu fulgor dourado de amor e paz,
Salvação completa aos caídos traz.
Coro
Resplandece, ó sol verdadeiro!
Teus celestes raios vamos espalhar;
Resplandece, ó sol verdadeiro!
Tão formosos raios vamos proclamar!
2
Resplendor celeste brilha desde os céus.
Fala-nos de Cristo, do amor de Deus;
Com Jesus nós vamos, todos, trabalhar,
Do céu aos perdidos o esplendor levar.
3
Só uns raios fortes deste resplendor,
Toda a terra podem inundar de amor;
Podem dum deserto fazer um jardim;
Resplendor do sol. ó brilha para mim.
.
.
451: MEU JESUS VEM
E.C.
1
Os testemunhos indicam
Que breve Cristo virá;
Já os sinais testificam
Que Ele vem, não tardará.
Oh! Dia de grande glória,
Para os remidos será!
Dia será de vitória;
Jesus em breve virá.
Coro
Meu Jesus vem, meu Jesus vem;
Vou encontrá-Lo no céu!
Os anjos nas harpas tangem,
Dando louvores a Deus!
2
Tudo é trevas no mundo,
A noite chegada está,
Mas voz de amor mui profundo
Diz que Jesus voltará.
Meu corpo já transformado,
Um céu aberto achará!
Com anjos mil a Seu lado,
Jesus em breve virá!
3
Tristezas desaparecem
E dores não haverá;
Estrelas já resplandecem;
A festa começará!
Descanso ali prometido,
Minh’alma então gozará;
Ouve a mensagem, perdido;
Jesus em breve virá!
.
.
452: SEGUIREI A CRISTO
H.M.W.
Sempre! Sempre! Seguirei a Cristo!
Onde quer que Ele for, O seguirei,
Sempre! Sempre! Seguirei a Cristo!
Onde quer que Ele for, O seguirei!
.
.
453: DEUS É O MESMO
E.C.
1
Oh! Como é bom dos tempos primitivos lembrar
E dos avivamentos de que ouvimos falar;
Deus quer nos dar mais fervor espiritual,
Ao Seu povo mandar o poder pentecostal.
Coro
Nosso Deus é o mesmo hoje como então,
Ele cura, batiza, e nos dá salvação.
Abundante é aqui a vida espiritual
Para os que recebem poder pentecostal!
2
Oh! Como é bom dos crentes primitivos lembrar
As ferventes orações, o seu alegre cantar,
Deus os ouviu e sempre os livrou do mal,
E também os encheu de poder pentecostal!
3
Alguns dizem: “Mudado tudo hoje está”.
Mas eu sei que meu Deus nunca jamais mudará;
Deus permanecerá qual farol eternal,
Enviando ao Seu povo poder pentecostal!
.
.
454: ALEGRAI-VOS, Ó REMIDOS
S.N. (Vesperal de Rysk)
1
Glorioso é o Cordeiro,
Ele é digno de louvor;
É o resgate verdadeiro
Do pecado e do horror,
Alegrai-vos, ó remidos;
Cantai glória ao Redentor!
Coro
Aleluia! Aleluia! Cantai glória e dai louvor!
Aleluia! Aleluia! Cantai glória ao Redentor!
2
Honra, glória e domínio
A Jesus, o Rei dos reis!
Que no santo vaticínio
É a luz dos Seus fiéis.
Alegrai-vos, ó remidos:
Cantai glória, e vencereis!
.
.
455: O POVO DE DEUS NA TERRA
B.S.
1
O povo de Deus, aqui na terra tem um sinal:
Povo que vive em santa guerra contra o mal;
Povo que espera a Jesus Cristo, que presto vem
É pois Ele mesmo, quem nos diz isto: “Vigiei mui bem”.
2
A minha paz, sim, não a do mundo, Eu vos darei
O coração de gozo profundo, Eu encherei;
Com o Seu braço Ele nos guia, oh! grande amor
Para os que Lhe pedem, logo envia o Consolador!
3
Ó vinde a Mim, Jesus convida, quem sede tem!
Beber, ó vinde, da água da vida, celeste bem!
Cristo sacia a alma sedenta do pecador!
Salva, purifica e alimenta, enche de amor!
4
Em Cristo. crendo sempre O seguindo quão doce é
A paz profunda e o amor sentindo: Tudo por fé
Feliz o homem que guarde isto, pois vida tem
Há de reinar sempre com Jesus Cristo na mansão de além.
.
.
456:A FONTE TRANSBORDANTE
S.N. (Harm. K.E.S.)
1
Oh! Que fonte transbordante!
Mais profunda que o mar.
É de Deus, o amor imenso,
Que Jesus me veio dar.
Coro
Ele me abriu a porta, e me reconciliou,
Por Seu sangue derramado; para Deus me consagrou.
2
Como a pomba perseguida
E cansada estava eu
Mas Jesus jamais rejeita,
Quem buscar abrigo Seu.
3
Graça abundantemente
Sobre mim já derramou;
Onde abundou pecado,
Graça superabundou.
4
Quando alvorecer meu dia.
Com Jesus, irei pro céu;
Eu O exaltarei pra sempre,
Pois salvou um perdido réu.
.
.
457: O FESTIM DE GLÓRIA
A.E.
1
Oh! Que festim de glória para nós há de ser!
Quando tiver nas nuvens, Cristo de aparecer.
Coro
Oh! Nesse evento mui feliz
e de prazer também,
Eu hei de ver meu bom Jesus,
fonte de todo bem.
2
Nesse glorioso dia, o corpo meu mortal,
Será como o de anjos, no lar celestial.
3
Oh! Que ditosa vinda, a do meu Salvador!
Eu O estou esperando, mui firme em Seu amor!
4
Ó Cristo, apressa o dia em que hás de voltar!
Para ver Tua face eu ‘stou a esperar.
.
.
458: GUIA MEUS PASSOS
S.S
1
Guia meus passos, Senhor Jesus,
Senhor de consolação,
Leva-me à estrada da Tua luz,
A fonte do Teu perdão.
Coro
Lá fora, eis a chorar, sem Deus.
sem luz, sem lar.
O pecador… Ouve, Senhor,
a queixa do pecador.
2
Tuas ovelhas fiéis conduz
Por vales, vergéis em flor,
Ao Teu aprisco, Senhor Jesus…
Jesus, nosso bom Pastor.
3
Na larga estrada vai triste e só
O filho de Belial…
Triste, faminto, envolto em pó,
Escravo infeliz do mal.
4
Senhor dos simples, Senhor Jesus,
Oh! Glorioso Deus de amor!
A ovelha errante atrai, conduz
Ao Teu redil, bom Pastor.
.
.
459: AS FIRMES PROMESSAS
S.N. (Joh. Holmstrand)
1
De Deus mui firmes são as promessas
Mais firmes que as montanhas são.
Quando o socorro terrestre cessa,
Os de Deus não falharão!
Coro
De Deus mui firmes são as promessas,
Falhando tudo, não falharão;
Se das estrelas o brilho cessa,
Mas as promessas brilharão!
2
Se a fé te falta, nos teus apertos,
Nas Suas promessas descansa em paz.
Quando és tentado, estou bem certo
Que Cristo auxílio te traz.
3
Se a febre arde, se extingue a vida
E quer a morte te arrebatar,
Nas Suas promessas terás guarida
Bastante pra te abrigar.
4
Promessa temos que ao céu de gozo
Virá levar-nos o Rei Jesus;
Então ao crente fiel, corajoso,
Dará coroa de luz.
.
.
460: DIZE-O A CRISTO
J. Car (E.S.Lorenz)
1
Se estás cansado e abatido,
Dize-o a Cristo; Dize-o a Cristo;
Se te sentes débil, confundido,
Dize-o ao teu Salvador.
Coro
Dize-o a Cristo; dize-o a Cristo;
Que é o amigo mais fiel;
Não há outro amigo como Cristo,
Dize-o ao Emanuel.
2
Quando estás de tentação cercado,
Olha pra Cristo; olha pra Cristo;
Quando rugem hostes do pecado,
Olha p’ra teu Salvador.
3
Se saíram outros já da senda,
Segue a Cristo; segue a Cristo;
Se aumenta em torno a contenda,
Segue a teu Salvador.
4
Ao chegares ao fim da jornada,
Confia em Cristo; confia em Cristo;
Dar-te-á no céu feliz entrada,
Confia em teu Salvador.
.
.
461: JESUS CHOROU SOBRE JERUSALÉM
P.L.M.
1
Jerusalém por Cristo é contemplada.
Com os seus altos que rebrilham lá,
Mas entre as belas torres levantadas;
Vê as do templo onde esteve já;
Jesus com Seu olhar mui penetrante,
Não vê somente o lindo exterior,
Mas sim as almas tristes, vacilantes.
Que rejeitaram Seu divino amor.
2
Jesus chorou: Seu coração rasgado
Lamenta e sente uma dor sem par,
Por ver Seu povo indo descuidado,
Pra perdição eterna caminhar!
Um som alegre sobe da cidade,
O povo está em festa a jubilar,
Mas quando o sol, se escondeu à tarde,
Jesus ao Cedrom foi pra lamentar.
3
Jerusalém, que segues o mau trilho,
E apedrejas os fiéis de Deus;
Ó quantas vezes quis juntar teus filhos,
Como a galinha ajunta os pintos seus;
Mas para Mim, as portas tu fechaste,
No dia que Eu vim te dar a paz;
Por teu pecado cega te tornaste,
Não aceitando o meu amor veraz!
4
Ainda se repete a mesma história,
Jesus do céu está a contemplar
Cidades que têm aparente glória,
E continua sempre a chorar;
Pois Ele é quem pode dar a vida
Às multidões que na condenação
Rejeitam, sim, a graça oferecida,
A eternal e grande salvação!
.
.
462: GLÓRIA AO SALVADOR
H.M.W.
Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória ao nosso Salvador!
Glória a Jesus! Glória a Jesus!
Nosso grande Redentor.
.
.
463: O POVO DE ABRAÃO
A.S. (Cor. A.F.F.)
1
Como o povo de Abraão
Para a terra de Sião
Entre os povos inimigos viajou;
Hoje eu cheio de amor,
E de fé no Salvador,
Caminhando para o céu, contente vou.
Coro
Lá no céu, lá no céu,
As tristezas eu jamais conhecerei;
Ruas áureas brilham lá,
Na cidade de Jeová;
Sempre alegre, vou marchando para o céu!
2
Sustentado pelo amor
Do bendito Salvador,
Vigiando, sempre orando, certo vou;
Dirigido pela luz
Da presença de Jesus,
Caminhando para o céu, eu sempre estou.
3
Lá no céu eu chegarei,
Sua glória gozarei
Com aqueles que servirem ao Senhor;
Quero sempre trabalhar
Para O glorificar,
Pra que todos vejam em mim o Seu amor.
.
.
464: PLENA GRAÇA
H.M.W.
Plena graça para me salvar
Sangue puro para me lavar,
E poder pra sempre me guardar,
Tem meu Senhor.
.
.
465: ELE SOFREU POR MIM
J. Car.
1
Eu li que Jesus fora preso;
De dor a minh’alma vibrou;
Eu antes assim não sentia,
Agora isto a mim empolgou,
Eu li que Ele foi conduzido
À corte de Jerusalém;
Ali padeceu grande afronta.
Foi c’roado de espinhos também.
Coro
Eu sei que eu era culpado,
Mas Ele sofreu já por mim;
Eu sei que Ele era inocente,
Padecendo tudo assim.
2
Eu li que Jesus foi julgado;
U’a cruz mui pesada levou,
E nela, por mim expirando,
Os meus vis pecados tomou;
Enquanto na cruz, pendurado,
U’a lança Seu lado furou;
Na esponja Lhe deram vinagre,
E Ele, por mim, o tragou
3
Depois José de Arimatéia
E outros discípulos também
Puseram-No, em um sepulcro,
E os guardas vigiavam bem:
Enquanto no mundo, Ele disse,
Que havia de ressuscitar,
E Deus fez então um milagre.
Fazendo-O dos mortos tornar!
4
Os guardas ainda vigiavam,
Quando um anjo veio do céu,
E a pedra que estava na porta,
Com grande poder removeu;
Depressa os laços caíram;
O plano de Deus era assim;
E a luz e a vida resplendem,
E isto foi tudo por mim!
.
.
466: QUE MARAVILHA!
O.S.B. (G.T. Haywood Arr. Rosa Johnson)
1
Amigo, conheces, também enalteces
Jesus, o Filho de Deus?
Tens nEle já crido, e assim recebido
Jesus, o Filho de Deus?
Coro
Que maravilha! Que maravilha!
Jesus, o Filho de Deus!
Oh! Eu te adoro! Sim, eu te amo!
Jesus, o Filho de Deus!
2
Seguir, quem almeja, e n’alma deseja
Jesus, o Filho de Deus?
Quem foi rejeitado por esse adorado
Jesus, o Filho de Deus?
3
Se hoje confiares, também aceitares
Jesus, o Filho de Deus.
Irás jubilando, e sempre louvando
Jesus, o Filho de Deus.
4
Dos céus, muito breve, descer pra nós deve,
Jesus, o Filho de Deusl
Ó vem, eu te clamo. ó vem, pois te amo,
Jesus, o filho de Deus.
.
.
467: SOBRE AS ONDAS DO MAR
E.J. e F. da S. (Cor. A.F.F.)
1
Oh! Por que duvidar,
Sobre as ondas do mar,
Quando Cristo caminho abriu?
- Quando forçado és, contra as ondas lutar,
Seu amor a ti quer revelar.
Coro
Solta o cabo da nau
Toma os remos na mão,
E navega com fé em Jesus;
E então, tu verás que bonança se faz
Pois com Ele, seguro serás.
2
Trevas vêm te assustar,
Tempestades no mar?
- Da montanha o Mestre te vê;
E na tribulação
Ele vem socorrer,
Sua mão bem te pode sustar.
3
Podes tu recordar,
Maravilhas, sem par?
- No deserto ao povo fartou;
E o mesmo poder
Ele sempre terá,
Pois não muda e não falhará.
4
Quando pedes mais fé,
Ele ouve, ó crê!
Mesmo sendo em tribulação;
Quando a mão de poder o teu “ego” tirar,
Sobre as ondas poderás andar.
.
.
468: CRISTO ESTÁ CHAMANDO
Ja. s. (Werner Skibsted, Arr. de E.E.)
1
Queres tu seguir a Cristo,
E andar na Sua luz?
Queres ser por todos visto
Carregando a tua cruz?
Coro
Jesus Cristo está chamando,
Quer da morte te livrar;
Com paciência te esperando,
Vem, p’ra Ele te salvar.
2
Queres hoje dar o passo
E tornares-te cristão?
Do pecado, rompe o laço
E terás a salvação.
3
Por que tens tu resistido,
Esta voz de compaixão?
Sê do amor de Deus vencido,
Vem, recebe a salvação.
4
O que pede, aqui recebe,
O perdão no sangue Seu;
Quem da água viva bebe,
Jubilo terá no céu!
.
.
469: AO ESTRUGIR A TROMBETA
P.L.M.
1
Quando a angelical trombeta neste mundo estrugir,
O meu nome ouvirei Jesus chamar;
Pois eu creio na promessa, e que Deus a vai cumprir
Quando ouvir Jesus meu nome proclamar!
Coro
Glória! Glória! Aleluia!
O meu nome ouvirei Jesus chamar;
Glória! Glória! Aleluia!
Eu espero ouvir Jesus a me chamar.
2
Quando o céu for enrolado e o sol não der mais luz,
O meu nome ouvirei Jesus chamar;
Passarão a terra, o mar, mas permanecerá Jesus,
Que meu nome vai na glória pronunciar.
3
Oh! Que música suave há de ser pra mim ouvir
O meu nome Jesus Cristo anunciar,
Oh! Que gozo vai minha alma lá nos altos céus fruir
Quando o Cristo o meu nome proclamar!
.
.
470: BATISMO
A.T.G. (G.C. Stebbins)
1
Tua graça. é Deus amado,
Vem agora conceder,
Aos que vão ser batizados,
Dá-lhes o Espírito e poder.
Coro
Com o Teu Espírito Santo,
Estas almas vem selar;
Dá-lhes vida e novo canto,
P’ra Tua glória conquistar.
2
A fim de pra Ti viverem,
Mortos para o mundo estão;
Para o Espírito receberem,
Dá-lhes puro coração.
3
Com Espírito por Deus dado,
Vem, ó vem já batizar,
Os que hoje seus pecados,
Vêm nas águas, sepultar.
4
Já contigo ressurgidos,
O Teu nome louvarão;
Em Jerusalém, vestidos;
Sim, de branco, reinarão!
.
.
471: AVANÇAI, FIÉIS
P.L.M.
1
Avançai, fiéis soldados,
Contra as hostes infernais;
Ouve-se de guerra, brados,
Homens de Gideão sejais;
Deste mundo, a ilusão,
O terror da própria morte
Não nos turba o coração;
Torna Deus, o fraco – forte.
Coro
Pelo sangue do Cordeiro
Nós vamos, sim, triunfar,
O Senhor, ao vencedor vai coroar;
Hei de vencer
Com Jesus, o verdadeiro,
Hei de vencer,
Pelo Seu poder.
2
Avançai, fiéis soldados,
A seguir o pavilhão;
Ei-lo na frente arvorado
Por Jesus, nosso Capitão;
Escutemos o clamor
Dos que foram abatidos;
Vamos, logo sem temor,
Em socorro dos feridos.
3
Avançai, fiéis soldados,
Sempre fortes, a lutar,
E os povos escravizados,
Ide avante, a libertar,
Manda Cristo avançar
A vanguarda dos remidos;
Galardão hão de alcançar
Os que forem destemidos!
.
.
472: EM MEU LUGAR
F.V.
1
Cristo Jesus lá na cruz já sofreu
Em meu lugar, em meu lugar;
Tudo por mim Ele ali padeceu,
Para a minh’alma salvar.
2
Glória a Jesus, meu pecado cravou
Sobre a cruz, sobre a cruz;
Sangue precioso minh’alma lavou;
Glória ao bondoso Jesus.
.
.
473: OUTRO BEM NÃO ACHAREI
P.L.M. (C. Austin Miles)
1
Que outro bem ansioso buscarei?
Bem melhor, que Jesus não acharei;
NEle só para sempre, hei de estar,
E de coração O amar.
Coro
Outro bem não procurarei,
Outro bem eu não acharei;
Já em mim, ‘stá Jesus,
NEle só vou confiar.
Quem aqui pode me saciar,
Neste mundo enganador?
Só Jesus, Jesus, só Jesus, Jesus,
Rei meu e fiel Senhor!
2
A vaidade do mundo acabará,
Tudo aqui a seu tempo findará;
Para sempre somente, há de durar
Quem na luz de Cristo andar.
3
Entre os homens não buscarei a luz;
Não mais vivo, mais vive em mim Jesus;
Sua graça é bastante para mim,
Não terá no céu, mais fim!
.
.
474: PAZ, DOCE PAZ
P.L.M. (G.T. Caldbeck, 1877)
1
Paz, doce paz! Que brota, lá da cruz;
Nos trouxe paz o sangue de Jesus.
2
Paz, doce paz! Andar no Teu querer,
De Cristo, a nós a paz vai nos trazer.
3
Paz, doce paz! Pra todo o pecador!
Descanso e paz tereis no Salvador.
4
Paz, doce paz! Paz na separação,
A paz de Cristo dá consolação!
5
Paz, doce paz! Enquanto ao meu porvir,
Jesus, paz, sempre me fará fruir.
6
Paz, doce paz! Não temo a morte, a dor,
Jesus venceu a morte e seu terror.
7
Paz, doce paz! Não tardará Jesus,
E nos dará celeste paz e luz. Amém.
.
.
475: EM BELÉM
D.L. (Cor. A.F.F.)
1
Lá em Belém nasceu Jesus,
Príncipe excelso da paz;
Amor divino e santa luz,
Para o mundo perdido, Ele traz.
Coro
Louvemos ao Rei bendito;
Louvemos ao Rei bendito;
Louvemos ao Rei bendito;
O Seu poder é infinito.
2
Honra e louvor em alta voz,
Demos ao Filho de Deus,
Pois a certeza temos nós,
De herdar os refulgentes céus.
3
A jubilar os anjos estão,
Por ter nascido o Senhor;
Os magos vêm pra adoração
De Jesus, o veraz Redentor.
4
Só mesmo o tão profundo amor
Do nosso bendito Deus,
Mandava ao mundo de horror,
O Seu Filho, pra salvar os Seus.
.
.
476: O CEGO DE JERICÓ
P.L.M. (Cor. A.F.F.)
1
Enquanto para Jericó
O bom Jesus passava,
Um cego, filho de Jacó,
Sem se cansar clamava:
Çoro
“Jesus, ó Filho de Davi,
Tem compaixão de mim, Senhor!”
“Jesus, ó Filho de Davi,
Atende ao meu clamor!”
2
A multidão vendo-o clamar,
- “Sê quieto”, lhe dizia;
Mas ele sem a escutar,
Mais forte repetia.
3
Jesus então mandou chamar
O cego que gritava,
Que veio logo, sem tardar,
Mas “inda assim clamava”
4
Jesus pergunta com prazer:
“Que queres que te faça?”
“Jesus, eu quero hoje ver,
Por Teu poder e graça”.
Então Jesus lhe respondeu:
“Vai, a tua fé te salvou”.
E logo viu, o Bartimeu,
E ao bom Jesus louvou!
.
.
477: SEDE FORTES
B.S. (Harm. S. Nyström)
1
Sede fortes, irmãos na lida,
E Cristo quem vos conduz;
Garantindo eterna vida,
Aos que trilharem na luz.
Coro
Sim, andai na luz de Cristo,
Libertos da eterna dor;
Buscai, vós que a tendes visto,
A glória do Redentor!
2
Sede santos, velai orando,
Amai com santo fervor;
Muitos ficarão chorando,
Na vinda do Salvador.
3
Os fiéis adormecidos,
A voz do anjo ouvirão;
Transformados os remidos,
A Cristo encontrarão.
4
E vereis naquele dia
Sua glória em esplendor,
Fruireis paz e alegria,
Nos braços do Salvador.
.
.
478: EIS-ME, JESUS
G.V. (Harm A.F.F.)
1
Eis-me, Jesus, Te louvando,
Pois Tu padeceste assim;
O sangue Teu derramando,
Na dura cruz por mim.
Coro
Glória, aleluia! ó Cordeiro,
Tua vida deu-me paz!
Dou-Te louvor verdadeiro,
Por graça tão veraz!
2
Do Teu amor me encheste,
Oh! Maravilhoso Jesus;
Quando o Espírito me deste,
Trazendo gozo à flux!
3
Os Teus discípulos, fizeste
Em línguas estranhas falar;
O mesmo a mim concedeste,
E dás a quem buscar.
4
Que Teu Espírito desça,
A fim de Teu povo selar,
Realizando a promessa
Naquele que confiar.
5
Os dons do Santo Espírito
São nove, que Cristo nos dá;
E ao que pede contrito,
Jesus não os negará.
6
É Teu amor, céu e gozo,
No qual sempre me alegrarei;
Ao meu Senhor tão bondoso,
Mil glórias Lhe darei!
.
.
479: AO RAIAR DO ANO NOVO
D.L. (Cor. A.F.F.)
1
É meia noite, o ano já fenece,
Nós elevamos os olhos aos céus,
Todos orando para que comece
O ano novo na graça de Deus.
Coro
As nossas vozes juntas levantemos,
Com alegria e suave som;
Em gratidão a Cristo, jubilemos,
Pelo raiar de mais um ano bom.
2
Senhor, pedimos nós ardentemente,
Ouve, por Teu infinito amor;
Salva da nossa pátria toda gente,
Pra Tua honra, e pra Teu louvor.
3
As nossas almas torna impolutas,
Não nos deixando em fraqueza cair,
Nossa oração, Senhor, hoje escuta,
Para podermos aqui Te servir.
4
Graças a Ti, por esse ano findo,
Pois nos supriste com muito poder;
Graças a Ti, por esse ano vindo,
Pois bênçãos mil vamos nós receber.
.
.
480: FIM DO ANO
P.L.M. (B. Richards)
1
Deus eterno, em Tua presença,
Nossos séculos horas são
E um segundo a existência
Da humana geração;
Mas o homem que ao Teu lado,
Pela fé quer já voar,
Neste mundo de pecado,
Lento o tempo vê passar.
2
Outro ano há fenecido,
Que o viver mais encurtou,
E o descanso apetecido,
Algo mais se aproximou.
Graças mil por Teus favores,
Tua Igreja, ó Deus, Te dá!
Aleluias e louvores,
Teu poder nos susterá!
3
Tu proteges as famílias,
Visitando cada lar;
Se o Senhor nos auxilia,
Que nos pode aqui faltar?
Onde quer que Te ame o homem,
E Te sirva, andando bem,
Faze que seja o Teu nome
Exaltado sempre! Amém! Amém!
.
.
481: CRISTO E SUA HUMILHAÇÃO
P.L.M. (Ira D. Sankey)
1
Tu deixaste, Senhor,
Tua glória, esplendor,
Quando ao mundo quiseste descer,
Não puderam achar
Em Belém um lugar,
Num presépio Tu foste nascer.
Coro
Vem ao meu coração, ó Cristo,
Nele tenho p’ra Ti um lugar!
Vem ao meu coração, ó Cristo vem!
Nele podes p’ra sempre morar!
2
Hinos de adoração,
Anjos no céu Te dão,
Te rendendo excelso louvor.
Mas humilde o Senhor
Veio ao mundo de horror,
Pra dar vida ao mais vil pecador!
3
As raposas aqui
Covas têm para si,
E seus ninhos as aves do céus,
Só não teve um lugar
P’ra cabeça pousar
Jesus Cristo, o Filho de Deus.
4
Do céu vieste Jesus,
Nos trazendo Tua luz,
Que nos dá eternal salvação;
E com ódio e furor
Te cravaram, Senhor,
Sobre a cruz, donde deste o perdão!
5
Aleluias nos céus,
Ao Cordeiro de Deus!
Quando vier o Seu povo buscar;
Sua voz se ouvirá
E pra mim, oh! Dirá:
“Vem, Eu tenho pra ti um lugar”.
.
.
482: COMUNHÃO
A.S. (Harm. A.F.F.)
1
Bendito Jesus, nós chamamos por Ti,
Cercamos Tua mesa, Senhor;
Por Teu Paracleto nos preside aqui;
Vem encher-nos de santo fervor.
2
A grande ternura do Teu coração
Chamou-nos aqui, oh! Senhor!
Pra nós celebrarmos em santa união,
Tua morte, oh! bom Redentor!
3
Os pés dos Teus servos lavando, Senhor,
Quiseste o exemplo nos dar,
Da Tua humildade, do Teu grande amor,
Que entre nós deve sempre reinar.
4
Abençoaste o pão e o partiste a dizer:
“Tomai o meu corpo e comei,
E todas as vezes, pois é o dever,
Em memória de Mim o fazei”.
5
O cálice da Nova Aliança de amor,
No Teu sangue, ó meigo Jesus,
Nos encha de graça, de novo vigor,
Nos anime na senda da luz!
6
Queremos, Jesus, neste ato de amor,
O Teu memorial celebrar;
Pra nós ele tem um infinito valor,
Um valor que jamais vai cessar.
.
.
483: ORA VEM, JESUS
P.L.M. (Mrs C.H.Morris)
1
Disse Jesus, eis que presto Eu venho,
Trago comigo, também galardão;
Venho do céu com a glória que tenho,
O vigiai firmes na oração!
Coro
Ora vem Jesus, gloriosa luz,
Ainda nós Te esperamos; ora vem Jesus!
De ver-Te, sedentos bradamos: Oh! Senhor Jesus
Por Ti velando estamos; ora vem, Jesus!
2
Disse Jesus, eis que presto Eu venho,
E os remidos pro céu levarei,
E em lugar do opróbrio do lenho,
Uma coroa pra eles darei!
3
Disse Jesus, eis que presto Eu venho,
A minha Igreja vou arrebatar;
Hoje buscai-Me com todo o empenho,
Para que Eu possa vos preparar!
.
.
484: MEUS PECADOS LEVOU
J.T.L. (Grant Golfax Tullar)
1
Houve Um que morreu por meus crimes na cruz,
‘Inda indigno e vil como sou;
Sou feliz, pois Seu sangue verteu meu Jesus
E com este, meus crimes lavou.
Coro
Meus pecados levou na cruz onde morreu
O sublime e meigo Jesus: os desprezos sofreu,
A minh ‘alma salvou
E mudou minhas trevas em luz.
2
Ele é terno e amável, não há outro igual!
Pois converte o infiel coração;
E por essa paciência e amor divinal
Estou livre da condenação.
3
Meu anelo constante é em Cristo viver,
Meu caminho, Seu exemplo marcou;
E pra dar-me a vida, Jesus quis morrer;
Sobre a cruz meus pecados levou.
.
.
485: ANDANDO PARA O CÉU
J. Car. (Herbert J. Lacey, Arr. E.P.)
1
‘Stou andando para o céu
Onde os santos já estão:
‘Stou alegre e satisfeito!
Minha pátria é Sião,
Morte lá não entrará;
Que alegria ali será!
Coro
Oh! Glória! Aleluia!
Meu desejo é estar no céu;
‘Stou alegre é satisfeito;
Oh! Glória! AleluIa!
Meu desejo é estar no céu;
Que alegria ali será!
2
‘Stou andando para o céu,
Onde as ruas de ouro são;
‘Stou alegre e satisfeito!
Tenho ali feliz mansão,
Meu Jesus lá estará!
Que alegria ali será!
3
‘Stou andando para o céu,
Onde reina gozo e paz,
‘Stou alegre e satisfeito!
Gozo santo e veraz
Todo o crente ali terá,
Que alegria ali será!
4
‘Stou andando para o céu,
Para ver meu Salvador;
‘Stou alegre e satisfeito!
Cantarei o Seu louvor,
Pois minh’alma alegre está;
Que alegria ali será!
.
.
486: VASOS TRANSBORDANTES
N.K. e E.C.
1
Qual vazio vaso ‘stá teu coração,
Para receber de Deus a salvação?
Só Jesus teu vaso poderá encher,
De bençãos que dão poder.
Coro
Deixa encher teu vaso até transbordar;
Que Jesus tua vida possa governar,
Põe teu sacrifício hoje sobre o altar;
E verás as bênçãos descer sem cessar.
2
A vida abundante tu receberás,
E constantemente em Deus te alegrarás,
Qual ribeiro d’água, o Senhor quer ver
O deserto florescer
3
O Senhor precisa vasos para encher.
Mas vazios vasos que irão conter?
Toda a Sua graça, brasas do altar,
Para o fogo espalhar.
.
.
487: DOXOLOGIA
A.G.F.
1
Glória! Glória! Glória seja ao grande Deus onipotente
Ao Teu nome damos glória porque és onisciente;
Aleluia! Aleluia a Deus Pai onipresente.
2
Glória! Glória! Glória a Jesus, o Salvador amado,
Ao Teu nome damos glória, porque tens nos libertado
Aleluia! Aleluia a Jesus ressuscitado.
3
Glória! Glória! Glória seja dada ao Espírito Santo,
Ao Teu nome damos glória, entoamos este canto;
Aleluia! Aleluia ao Deus trino, ao Deus Santo.
.
.
488: O ÁUREO DIA
H.E.N.
1
Ao raiar do áureo dia, o bom Jesus vem nos buscar
Pra com Ele, sempre estarmos lá no céu;
Os milhões purificados pelo sangue de Jesus
Subirão pra contemplar o amado Seu.
Coro
Quando os salvos congregados,
Dentre os povos e nações,
Virem Cristo mui amado,
Oh! Que gozo encherá seus corações.
2
Lá da Índia vem um povo que Jesus purificou
E da África, as tribos chegarão,
Quem de Cristo, a mensagem lhes levou, os conquistou
Juntos todos, lá no céu se alegrarão.
3
Quando os milhões da China,
todos que Jesus ganhou
Juntos dos que foram salvos no Brasil,
Lá no céu unidos, glória derem todos a Jesus,
Triunfantes estarão no Seu redil.
4
Espalhemos a mensagem, que Jesus nos entregou
Da gloriosa nova que vem lá da cruz;
Que Seu sangue precioso purifica o pecador,
Derramando nele gloriosa luz.
.
.
489: CHEGAI PARA ADORAR
P.L.M. (Ira D.Sankey)
1
Chegai, pastorzinhos, chegai p’ra adorar
O Rei do universo, que nasce em Belém,
Sim, ricos presentes podemos Lhe dar.
A fé o amor, nossa vida também.
2
Um rústico teto abrigo Lhe dá;
Por casa um presépio, por templo um portal;
Num leito de palhas deitado está,
Quem deu às estrelas a luz celestial.
3
Seguindo uma estrela que veio O anunciar,
Os magos do Oriente atrás dEle, vão:
E diante se prostram do Rei de Judá,
De incenso, ouro e mirra, tributo Lhe dão.
4
Oh! Glória, Aleluia, os salvos Te dão,
Hosanas os anjos, entoam também.
Louvai ao Messias, que trouxe perdão;
A Cristo Jesus, que nasceu em Belém.
.
.
490: PASSANDO ESTÁ
P.L.M. (Jno R. Sweney)
1
Vem, fatigado coração,
Cristo está passando;
A Ele estende tua mão,
No Seu amor, confiando.
Coro
Passando está – passando está…
O amoroso Salvador!
Vem tu a Ele, ó pecador!
Passa aqui – Chama por ti.
2
Vem, oprimido pecador,
Cristo está passando;
Vem receber do Seu amor,
Que te está ofertando!
3
Vem, ó faminto, te fartar!
Cristo está passando;
O pão da vida vem tomar;
Por que estás demorando?
4
Vem, pecador, sem demorar,
Cristo está passando;
Nos braços Seus vem te lançar,
Jesus te está chamando.
.
.
491: HÁ PODER NO SANGUE DE JESUS
*** (L.E.Jones)
1
O teu pecado tu queres deixar?
No sangue há poder, sim, há poder;
Queres do mal a vitória ganhar?
Seu sangue tem este poder!
Coro
Há poder, sim, força e vigor
Neste sangue de Jesus;
Há poder, sim, no bom Salvador;
Oh! Confia no Cristo da cruz.
2
Queres os vícios abandonar?
No sangue há poder, sim, há poder;
Confia em Cristo para te curar;
Seu sangue tem este poder!
3
Oh! Paralítico, queres andar?
No sangue há poder, sim, há poder;
Para fazer-te também caminhar,
Seu sangue tem esse poder!
4
Queres pureza pra teu coração?
No sangue há poder, sim, há poder;
Mais lealdade, mais consagração,
Seu sangue tem este poder!
5
Queres de Cristo a mensagem levar?
No sangue há poder, sim, há poder;
Queres co’os anjos, na glória cantar?
Seu sangue tem este poder!
.
.
492: JESUS VIRÁ DO CÉU
H.E.N. (S.M. Linder, Harm. K.E.S.)
1
Jesus em breve virá do céu,
Cumprir o que subindo prometeu,
Tudo revela que virá presto,
Com Ele iremos pra o reino Seu.
Coro
Jesus com sangue me tem comprado,
E pelo Espírito me tem selado;
‘Stou remido, tenho o penhor
Da minha herança em meu Senhor.
2
E, pelo mundo sem descansar,
Os mensageiros ‘stão a anunciar
O Evangelho do Filho amado,
Que a este mundo quis resgatar!
3
Do mundo inteiro já vão chegar!
Em breve tu não achas mais lugar;
Se vir desejas, não te demores,
Mas vem depressa pra te salvar.
4
Já vem o dia, clareando está,
Pois a trombeta em breve soará,
A Sua Noiva em vestes brancas,
Jesus pra glória conduzirá.
.
.
493: AO PAI VOLTAI
P.L.M. (Bliss)
1
Ao Pai voltai, vós que chorais,
Voltai ao lar paterno;
Pois lá Jesus, em santa luz,
Vos dá um gozo eterno!
Coro
Ao Pai voltai, voltai ao lar eterno;
A Deus tomai, ao vosso lar paterno.
2
O Pai está ansioso lá,
Pois quer vos ver a salvo;
Tereis então a salvação
Se Cristo for o alvo!
3
O mal deixai e regressei
Pra o lar do Pai glorioso,
Então, assim, sereis enfim
Pra sempre mui ditoso.
4
Não recuseis, mas escolhei
A Cristo, o vero trilho;
Voltai ao lar, pra lá morar,
Com Deus e com Seu Filho.
.
.
494: JERUSALÉM CELESTIAL
S.N.
1
Jerusalém celestial,
Mansão de paz tão divinal!
De jaspe tem muro em redor;
Onde é a luz, o meu Senhor.
Coro
Jerusalém, mansão de luz,
Jerusalém de meu Jesus!
Cidade que p’ra nós fez Deus;
Eterna glória para os filhos seus.
2
Um rio tem. e qual cristal,
Cuja água faz ser imortal;
As árvores lá mui belas são,
E pra curar oh! servirão.
3
Ali não há mais pranto e dor;
A maldição não tem vigor;
A noite foi e não vem mais;
O sol raiou, passaram os “ais”.
4
Ali verei o meu Senhor,
Contemplarei seu resplendor,
E cantarei o seu louvor
Em gratidão e com fervor.
.
.
495: CRISTO À PORTA ESTÁ
J.Car.
1
Jesus Cristo à porta está;
Bate sempre para entrar;
Se ouvires abre já;
Abre o coração.
Coro
Abre o coração!
Abre o coração!
Jesus quer te libertar;
Abre o coração!
2
Jesus bate ainda lá
E, se não abrires já,
Ele triste voltará;
Abre o coração!
3
Jesus bate, abre já,
Abre, sim, ó pecador!
O juízo à porta está;
Abre o coração!
.
.
496: JESUS ME TIROU DA LAMA
P.L.M. (H.L.Gilmour)
1
Jazia num lago de lama, de horror,
Não tinha esperança em mim, pecador,
Mas tenho clamado a Jesus Salvador,
Pra fora do lago me tirou o Senhor.
Coro
Dum lago horrível Jesus me tirou,
Sobre a rocha meus pós firmou!
Um novo canto em mim soou,
Ao Salvador, Aleluia!
2
Agora desejo a Cristo seguir,
Com todo o meu ser eu O quero sentir,
Pois Ele salvou-me a fim de O servir,
E para Seu gozo, eu também fruir.
3
Somente eu quero servir ao Senhor,
Com todo prazer e com muito fervor,
Assim vou andar de valor em valor,
Na luz gloriosa do Consolador!
4
Pra sempre agora eu proclamarei,
“Foi crendo em Cristo que me libertei,
E foi no Seu sangue que me lavei,
Na rocha eterna mais me firmarei!”
.
.
497: MEU BOM SALVADOR
P.L.M. (Chas. H.Gabriel)
1
Jesus é precioso, meu bom Salvador,
Pra sempre O louvo, pois deu-me a luz;
Se débil me encontro me dá Seu vigor,
Pra mim é precioso Jesus!
Coro
Precioso é Jesus, meu Jesus!
Precioso é Jesus, minha luz!
Que glória será o Seu rosto mirar!
P’ra mim é precioso Jesus!
2
Andando no mundo, sem Deus, a vagar,
Na senda do mal, que a morte conduz,
Me disse Jesus: “Eu te quero salvar”
Pra mim ó precioso Jesus!
3
Já por Sua graça, eu posso gozar;
Encheu-me de gozo do reino da luz;
Contemplo por fé, meu celeste lugar.
Pra mim ó precioso Jesus!
4
Jesus é precioso, pois me quis salvar,
Morrendo por mim pendurado na cruz,
E mui glorioso virá me buscar,
P’ra mim é precioso Jesus!
.
.
498: GUIA-ME, Ó SALVADOR
P.L.M. (H.A.Henry)
1
Guia-me, ó Salvador, pela senda divinal,
Ao Teu lado, sem temor, tenho gozo perenal!
Coro
Cristo! Cristo! Não me deixes, ó Senhor;
Guia-me por Teu amor, e serei um vencedor.
2
Não me deixes, ó Senhor, neste horrendo e
forte mar; Leva-me por Teu amor para o meu eterno lar.
3
És a minha salvação, meu querido Redentor;
Da terrível corrupção me salvaste com amor!
4
Quero Teu somente ser, Te amar e Te servir,
Cristo é, para mim, viver e morrer, o céu fruir.
.
.
499: A SANTA BÍBLIA
P.L.M.
1
Santa Bíblia, para mim,
És o meu tesouro, sim;
Tu conténs a lei de Deus
E me mostras lindos céus;
Tu me dizes quem eu sou,
Donde vim, pra onde vou!
2
Tu repreendes meu falar,
Me exortas sem cessar.
Alumias os meus pés,
E me guias, pela fé,
Para as fontes de amor,
Do bendito Salvador!
3
És a voz dos altos céus,
Do Espírito de Deus.
Que vigor pra alma dá,
Quando em aflição está;
Me ensinas triunfar
Dentre os mortos, do pecar!
4
Por Tua santa letra sei,
Que com Cristo reinarei;
Eu que tão indigno sou,
Por Tua luz, ao céu eu vou;
Santa Bíblia para mim,
És o meu tesouro, sim!
.
.
500: QUERO VER A JESUS CRISTO
A.A.S. (R.E. Winsett)
1
Quero ver a Jesus Cristo, meu precioso Salvador,
Ver a face do meu Mestre, que por mim sofreu na cruz;
Quero ir ao céu sublime, ver o trono do Senhor,
Viverei, sim, nessa pátria de eterno gozo e luz.
Coro
Quero ver a desejada
Pátria onde reina eterno amor;
Quero ter feliz morada,
Com Jesus, meu Salvador.
2
Quero dar a Jesus Cristo, sem reserva, meu amor.
E também viver pra sempre entre o coro angelical;
Quero ser um mensageiro conduzindo o pecador
Para a cruz de Jesus Cristo, para a pátria celestial.
3
Pela obra redentora de Jesus que me salvou.
Viverei eternamente p’ra gozar o Seu amor;
Pelo sangue do Cordeiro, redimido já estou
Com as hastes redimidas louvarei ao meu Senhor
4
Vou morar na minha pátria que Jesus foi preparar,
Habitar entre os remidos pelo sangue do Senhor;
Entre os anjos e os arcanjos lá no reino eu vou
E dar glórias para sempre ao bondoso Salvador.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 19/02/2011 às 22:32

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: